post

A alta nas exportações brasileiras de milho movimentaram o mercado durante este ano. Confira o nosso artigo e saiba mais sobre os motivos dessa alta e como o Brasil tem participado desse mercado tão importante.

As exportações brasileiras de milho deram um salto significativo durante este ano, e o grão que em 2021 ocupava a 14ª colocação no ranking das nossas exportações subiu para a 8ª posição com a alta de mais de 115% no volume embarcado e de mais de 200% na receita obtida com esses embarques. Nos dez primeiros meses de 2022, o Brasil já exportou mais de 30 milhões de toneladas de milho.

Assim como outros grãos, o milho possui uma forte participação na nossa balança comercial, sendo um dos produtos mais negociados tanto para compra como para venda, confira o nosso artigo completo sobre a importância do milho no mercado brasileiro e saiba mais detalhes a respeito dessa participação em nossos embarques.

Outro indicador importante a se observar a respeito do milho e seu desempenho nos últimos anos foi a alta do seu preço no mercado internacional que registrou um aumento de 50%, alcançando US$0,30/kg. Esse é um movimento global que vem ocorrendo desde o início da pandemia, as commodities estão passando por uma crise e sendo afetadas por uma forte inflação, tornando diversos produtos da nossa cesta básica mais caros, inclusive.

O Mercado Agropecuário

É fato que o Brasil possui uma grande relevância internacional no mercado agropecuário, sendo esse setor responsável por mais de 25% do nosso Produto Interno Bruto (PIB). Por isso, não é a toa que nosso país é considerado “a fazenda do mundo”, motivo de muitas divergências entre economistas, políticos e empresários, visto que um lado enxerga essa denominação do Brasil com um olhar bastante positivo enquanto outros não veem tanta vantagem nisso por acreditarem que a falta de industrialização é um grande mal para o país.

Se você quer entender mais sobre a participação brasileira no mercado agropecuário internacional e como está a nossa imagem perante o mundo, confira esse nosso artigo e entenda melhor o panorama.

Commodities

Além do milho, que é o principal produto a ser analisado neste artigo, o Brasil se destaca na produção e exportação de outras commodities, principalmente as relacionadas ao setor agropecuário,

Mas, afinal, você entende bem a definição de commodity e sabe apontar se determinado produto é considerado ou não uma commodity? Vamos entender melhor esse conceito!

Commodity é qualquer mercadoria primária, ou seja, que não passou por nenhum processo de industrialização e possui seu preço atrelado à oferta e à demanda internacional,  sendo também produzidas e comercializadas em larga escala. Sendo assim, vamos a alguns exemplos das principais commodities (agrícolas ou não) exportadas pelo Brasil, começando pelas que possuem maior relevância em nossa pauta exportadora:

Conseguiu captar e identificar as semelhanças entre todos esses produtos? Pois bem, essas características citadas acima fazem com que todos eles sejam considerados commodities.

Um estudo divulgado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostrou que em 2021 as exportações de commodities atingiram o maior nível da série histórica do país, sendo esses embarques responsáveis por quase 70% de tudo que o Brasil exportou, refletindo assim negativamente nas exportações de produtos manufaturados, que perderam bastante espaço nos últimos anos chegando ao menor nível já registrado. Uma crítica relacionada a isso diz respeito ao valor agregado desses produtos, que são baixos se comparados à produtos semimanufaturados e manufaturados, fazendo com que o Brasil precise produzir e vender bem mais para conseguir ganhos semelhantes.

Milho - O que está acontecendo?

Voltando ao cenário do milho, que vem ganhando grandes destaques esse ano, você já parou para pensar o que mudou no âmbito nacional e internacional para que essa alta nos embarques de milho ocorresse em 2022?

Quem está de olho no Comércio Exterior, nas tendências e nas baixas registradas nos mais diversos segmentos dos últimos tempos sabe que a pandemia e a guerra na Ucrânia são fatores que vêm impactando todo o mercado, interferindo na logística internacional, na economia e na sociedade como um todo. E em relação ao milho, não foi muito diferente: a Ucrânia está no top 5 dentre os principais exportadores de milho no mundo, e a Rússia também desempenha importante papel na produção desses grãos, sendo assim, o mundo precisou recorrer a outros mercados em busca de novos fornecedores para suprir suas demandas enquanto a região da Ucrânia sofria com os ataques. Desde então, o Brasil foi ganhando cada vez mais destaque nesse setor.

Até mesmo a China, que está tentando reduzir sua dependência em relação aos Estados Unidos, certificou mais de 100 estabelecimentos brasileiros para que possam vender milho para suas empresas, fazendo com que o Brasil realizasse a primeira exportação à China depois de quase uma década.

Atualmente, o Irã, o Egito, o Japão e a Espanha são os principais destinos do milho exportado pelo Brasil, sendo o estado do Mato Grosso o responsável por mais de 55% de tudo que embarcamos.

No ranking global de produtores do grão, o Brasil aparece em terceiro lugar, perdendo apenas para os Estados Unidos e para a China.

E você, exportador, já pensou em como desenvolver a sua empresa e levar seus produtos para diferentes países? Conheça as nossas soluções em marketing, negociações, logística e frete internacional e garanta as melhores condições para expandir os seus negócios!

Postagens Recentes

Vantagens e desafios da alta do dólar

Vantagens e desafios da alta do dólar

O que é Swift e Iban?

O que é Swift e Iban?

Como exportar açaí?

Como exportar açaí?

Moda Fitness e o “Wellness”

Moda Fitness e o “Wellness”

Como definir o melhor incoterm?

Como definir o melhor incoterm?

Quais são os tipos de exportação e suas diferenças?

Quais são os tipos de exportação e suas diferenças?

Superávit e Déficit: o que são?

Superávit e Déficit: o que são?

Principais violações das regras FDA para exportação de alimentos

Principais violações das regras FDA para exportação de alimentos

Quais os principais benefícios da internacionalização de empresas?

Quais os principais benefícios da internacionalização de empresas?

Reintegra: Incentivo à exportação

Reintegra: Incentivo à exportação

Quais os custos de importação da China?

Quais os custos de importação da China?

Alta de exportação de Etanol para a UE

Alta de exportação de Etanol para a UE

Mais Conhecimento

Para encontrar empresas e fazer negócios, visite nosso portal: