post

As exportações são essenciais para o desenvolvimento econômico de um país. Conheça neste artigo quais são os principais países exportadores do mundo!

A exportação de bens e serviços é uma atividade milenar, sendo de grande importância para o desenvolvimento dos países em diversos quesitos. A partir das trocas comerciais, um país consegue disponibilizar produtos diversificados para a população e até mesmo obter insumos para desenvolver produtos que ele já é especialista em produzir. Podemos citar alguns exemplos, como na relação China-Brasil: apesar de ser uma das maiores potências mundiais, a China depende de muitas matérias primas oriundas de outros países para fabricar os diversos itens que o país disponibiliza no mercado. O Brasil, por sua vez, exporta grandes quantidades de minério de ferro para o gigante asiático e, em seguida, importa os produtos manufaturados a partir desses insumos, criando essa interdependência global.

Nenhum país é autossuficiente, dependendo assim de recursos estrangeiros para o pleno funcionamento das atividades industriais, do avanço da tecnologia, da alimentação da população, da agricultura, pecuária, de recursos médicos e do desenvolvimento nacional como um todo.

Atualmente, com o rápido avanço tecnológico e com a globalização, as fronteiras entre os países vêm se tornando cada vez menos visíveis quando se trata de comércio internacional, é claro, pois em outros quesitos, como culturais, econômicos e diplomáticos, as relações funcionam de maneiras bem diferentes.

Não é coincidência que os países mais desenvolvidos em questão de educação, saúde, segurança e geração de renda sejam os que possuem as maiores receitas com exportações. Exportar, além de atrair capital estrangeiro para o seu país, dá a oportunidade das empresas locais crescerem, criando novos empregos e renda, aumenta a eficiência dos processos e garante uma indústria cada vez mais eficiente e competitiva.

Quais são os países que mais exportam?

Agora que já falamos sobre a importância das exportações para a população, para as empresas privadas e para o desenvolvimento do país e sobre as relações de interdependência entre os países, vamos conhecer quais são os maiores exportadores do mundo?

No último relatório divulgado pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), que contém 231 países, China, Estados Unidos e Alemanha lideram o ranking dos principais exportadores mundiais em 2021, a soma das exportações de cada um deles alcançou no último ano aproximadamente US$3 trilhões, US$1,7 trilhão e US$1,6 trilhão, respectivamente.

Dando sequência à lista, em quarto lugar temos o Japão, com US$757 bilhões, e na quinta colocação, os Países Baixos (Holanda), com US$691 bilhões. Em seguida, na ordem das maiores receitas para as menores, temos Hong Kong, Coreia do Sul, Itália, França, Bélgica, Canadá, México, Rússia, Reino Unido, Singapura, Taiwan, Vietnã, Índia, Espanha, Suíça, Austrália, Polônia, Malásia, e na 24ª colocação, o Brasil, com US$280 bilhões e participação de 1,3% nas exportações globais.

Sendo assim, em lista, os maiores exportadores do mundo são:

  1. China
  2. Estados Unidos
  3. Alemanha
  4. Japão
  5. Países Baixos
  6. Hong Kong
  7. Coreia do Sul
  8. Itália
  9. França
  10. Bélgica
  11. Canadá
  12. México
  13. Rússia
  14. Reino Unido
  15. Singapura
  16. Taiwan
  17. Vietnã
  18. Índia
  19. Espanha
  20. Suíça
  21. Austrália
  22. Polônia
  23. Malásia
  24. Brasil

Outro dado importante trazido neste relatório do FMI é o desempenho das exportações em relação ao ano de 2020, que foi marcado ainda mais profundamente pelos efeitos negativos da Covid-19, devido ao longo período de lockdowns. No top 30 dessa lista, apenas um país, os Emirados Árabes Unidos, registrou queda na receita de 2021 em relação a 2020. Enquanto isso, as exportações brasileiras tiveram alta de 34,2%, já a China e os Estados Unidos aumentaram a receita obtida com as suas exportações em 16,8% e 23,1%, respectivamente. A alta das exportações brasileiras foi puxada, principalmente, pelas commodities, que dominam os nossos embarques. Em primeiro lugar, vem as exportações de minério de ferro que saltaram 72,9% no último ano em relação ao anterior, os embarques de petróleo bruto subiram 54,3% e as exportações de soja, em ritmo menos acelerado, também registraram alta de 35,3%.

Quer fazer parte desse mercado exportando seus produtos? Conheça o B2Brazil, maior plataforma de Comércio Exterior B2B da América Latina. Cadastre sua empresa gratuitamente!

Relação dos principais países exportadores com o Brasil

Agora, vamos analisar as importações e exportações do Brasil com 3 dos primeiros colocados deste ranking dos principais exportadores: China, Estados Unidos e Japão.

Desde 2009, a China se consolidou como a principal parceira comercial do Brasil, ocupando o lugar que até então era dos Estados Unidos. No ano passado, 31% de tudo que o Brasil exportou foi para a China, enquanto nas importações, cerca de 22% de tudo que demandamos internacionalmente também foi oriundo da China.

Em relação aos Estados Unidos, segundo colocado nas exportações globais e também segundo maior parceiro comercial do Brasil, o percentual das exportações brasileiras destinadas ao país foi de 11%, e nas importações brasileiras de produtos estadunidenses, o montante foi de 18%.

O Japão, terceiro maior exportador global, ocupou a 8ª colocação dos principais destinos das nossas exportações no ano passado, com 2% de participação, assim como o México.

Caso sua empresa precise participar do mercado por meio de importações, nosso B2B Trade Center possui um serviço de sourcing visando encontrar os melhores e mais baratos fornecedores do produto que sua empresa necessita. Entre em contato e saiba mais!

Participação do Brasil no Comércio Exterior

Desde 1808, quando Dom João VI emitiu o decreto que permitia a abertura dos portos brasileiros às nações amigas de Portugal, o Brasil iniciou as atividades de exportação, que desde então vêm ganhando cada vez mais espaço e relevância no comércio global.

Atualmente, os principais destinos das exportações brasileiras são China, Estados Unidos, Argentina, Holanda, Espanha, Singapura, Chile e México. Nas importações, o top 3 continua o mesmo, e em seguida, Alemanha, Rússia, Índia, Coreia do Sul e Itália compõem o ranking.

As commodities são o carro chefe das nossas exportações, sendo motivo de muitas divergências entre opiniões de especialistas do comércio exterior, pois enquanto alguns veem como algo positivo o Brasil continuar avançando nesses setores em que possui vantagem competitiva, outros acreditam que o país deve avançar em tecnologia para oferecer produtos com maior valor agregado. Os produtos que mais se destacam na nossa pauta exportadora, são o minério de ferro, a soja, o petróleo bruto, açúcares, carne bovina e de aves, celulose e café.

Se sua empresa trabalha no ramo de café, conheça o Exporta Mais, um plano setorial criado para produtores do setor!

Neste período de pós-pandemia, os resultados da balança comercial brasileira vem se mostrando cada vez mais satisfatórios, com superávits e aumentos significativos tanto nas importações como nas exportações. No entanto, ainda temos um longo caminho a percorrer para alcançarmos a elite do comércio global, tornando o país ainda mais competitivo, com alto PIB, diminuição dos índices de miséria e um cenário atrativo para investimentos estrangeiros, que estimulam a economia como um todo.

E você? Já pensou em alavancar os resultados da sua empresa através das exportações dos seus produtos? Entre em contato conosco e entenda como a B2Brazil pode oferecer soluções simples e eficientes para levar o seu produto aos quatro cantos do mundo!

Postagens Recentes

O que é Importação Ilegal?

O que é Importação Ilegal?

Como reduzir custos na importação?

Como reduzir custos na importação?

Análise de dados de vendas

Análise de dados de vendas

O que é agenciamento de cargas internacionais?

O que é agenciamento de cargas internacionais?

Commodities agrícolas - Brasil registra alta nas exportações de milho

Commodities agrícolas - Brasil registra alta nas exportações de milho

Logística na importação: 5 erros que você deve evitar

Logística na importação: 5 erros que você deve evitar

A importância do Mercosul para o Brasil

A importância do Mercosul para o Brasil

Como exportar café para os EUA

Como exportar café para os EUA

Certificado de Origem

Certificado de Origem

Banco ou corretora: qual a melhor opção no fechamento de câmbio?

Banco ou corretora: qual a melhor opção no fechamento de câmbio?

Quais documentos são necessários para importação?

Quais documentos são necessários para importação?

Por que ter um site multi-idiomas?

Por que ter um site multi-idiomas?

Mais Conhecimento

Para encontrar empresas e fazer negócios, visite nosso portal: